Pesquisa diz que carne vermelha não é vilã no surgimento do câncer


A carne vermelha sempre foi vista como uma das responsáveis pelo câncer de próstata. Porém, uma pesquisa publicada pelo "Nutrition Journal" comprovou o contrário. O alimento não é o vilão que se pensava e não é o único responsável pelo surgimento do câncer.

Para se chegar a essa conclusão foram realizados 11 estudos. Durante a análise, não foi detectada nenhuma associação da carne vermelha com o câncer de próstata avançado. O fator mais determinante para o surgimento da doença foi a hereditariedade.

No entanto, o estudo concluiu que existem alimentos mais danosos à saúde do que a carne vermelha no surgimento da doença. Os cientistas chegaram a conclusão que a alta ingestão de cálcio aumenta o risco de câncer de próstata, bem como o consumo de uma grande quantidade de gorduras. Já a diminuição do risco de câncer de próstata está associada a ingestão em grande doses de licopeno e selênio. Juntos eles têm ação antioxidante e protegem as células contra os radicais livres.

Livre de ser o alimento danoso que se pensava, os médicos envolvidos com o estudo liberaram o consumo da carne vermelha valorizando a aquela orgânica, livre de hormônios e antibióticos. A quantidade ingerida por semana deve ser um bife, do tamanho de uma carta de baralho e no prato, ela deve vir acompanhada de arroz integral, verduras e legumes.
AE.
Digite seu email confirme na C.Postal e receba novidades grátis:


2 comentários:

Anônimo disse...

fonte?

Donizete disse...

Resposta ao anôninimo:

A fonte está no texto da matéria, "Nutrition Jornal" clique no link e verá.

Obrigado

Postar um comentário

Meus Links