Cuba descobre a primeira vacina terapêutica contra câncer de pulmão

Cuba registrou a primeira vacina terapêutica contra o câncer de pulmão avançado no mundo, nomeada CimaVax EGF, com a qual mais de mil pacientes receberam tratamento, anunciou nesta segunda-fera o jornal oficial Trabajadores.

A responsável pelo projeto no Centro de Imunologia Molecular (CIM) de Havana, Gisela González, explicou que a vacina oferece a possibilidade de transformar o câncer avançado em uma "doença crônica controlável".

CimaVax EGF é o resultado de mais de 15 anos de pesquisa direcionada ao tumor e não provoca efeitos adversos severos, precisou a especialista. "A vacina é baseada em uma proteína que todos temos: o fator de crescimento epidérmico, relacionado com os processos de proliferação celular, que quando há câncer estão descontrolados", detalhou.

González indicou que como o organismo tolera "o próprio" e reage contra "o estranho", tiveram que fazer "uma composição que conseguisse gerar anticorpos contra esta proteína".

A vacina se aplica no momento no qual o paciente conclui o tratamento com radioterapias e quimioterapias e é considerada "terminal sem alternativa terapêutica" porque ajuda a "controlar o crescimento do tumor sem toxicidade associada", precisou. Além disso, pode ser utilizada como um tratamento "crônico que aumenta as expectativas e a qualidade de vida do paciente".

A pesquisadora declarou que, após alcançar seu registro em Cuba, pretende "progredir" o CimaVax EGF em outros países e que avalia-se a forma de empregar seu princípio em tratamentos contra outros tumores como os de próstata, útero e mamas.
Digite seu email confirme na C.Postal e receba novidades grátis:

3 comentários:

SeuLuiz disse...

Um grande avanço da medicina, e mais uma vez, Cuba sai na frente.

Abraços!

Fábio Luis Emerim disse...

Duvido.

Zero Kzz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Meus Links