Estudo indica que remédio pode reduzir riscos de câncer de próstata

Um estudo descobriu os benefícios de uma droga que reduz a inflamação não só benigna, mas também o risco de câncer de próstata, disse ontem o New England Journal of Medicine.

O estudo realizado durante um período de quatro anos, descobriu que a droga dutasteride (Avodart) reduziu significativamente a possibilidade dos chamados meios agressivos dos diagnósticos de câncer.

Este tipo câncer se caracteriza por tumores imprevisíveis e de crecimento rápido que impulsiona muitos homens a recorrer a cirurgias ou tratamentos de radioterapia que podem levar à incontinência urinária ou impotência.

Dos estudos participaram 8,231 homens entre 50 e 75 anos, que foram aleatoriamente dado uma substância inócua ou 0,5 mg de dutasterida. Considerou-se que todos os participantes estavam correndo risco de câncer de próstata, embora nenhum deles apresentou os sintomas no início do ensaio. Após o estudo, determinou-se que 659 participantes (19,9 por cento), que tomaron dutasteride sofriam de câncer prostático.

0 comentários:

Postar um comentário

Meus Links